Publicado por: JotaAntunes | 26 janeiro 2014

Tirando a velhice


resveratrol1-c1a7a-429x400
A velhice me ensinou duas coisas: ser humilde e desconfiar que aquele cara que olho no espelho não sou eu… Nunca fui bonito, mas quando eu olho para aquele cara no espelho é sacanagem. Não pode ser eu. Como fiquei assim? E aquele cara do espelho nem precisa dizer muito porque cada gesto seu é apenas o reflexo daquilo que não quero aceitar: pele flácida, barba branca, cara de buldogue operado. Sei lá. Só sei que ali está tudo errado. Isso talvez tenha contribuído para minha humildade. O que é antagônico parece orgulho se dizer humilde, mas não é não. Confesso que esta humildade é meio que imposta… Como não seria? Se depois do que a juventude lhe proporciona você aos poucos ir perdendo tudo? E isso, sem perguntarem se é de sua vontade ou não. Estes dias, me deparei com uma situação hilária. Vi um senhor muito bem aprumado, jogando charmes para uma jovenzinha. Percebi que ela ficou bem chateada e se afastando do lugar disse algo como: Velho tarado! Pensei: Se você um jovem, bonito, sarado, seria garanhão, mas como era um velho era tarado. Engraçado como encaramos certas coisas que são inevitáveis. É como se este declínio imposto pela vida nos revoltasse a tal ponto de refutarmos coisas que nos aproximam daquilo que não aceitamos, como, por exemplo, “a velhice”. Estes dias no ônibus um senhor que acabara de entrar se viu numa situação constrangedora. Ele ainda se ajeitava quando o motorista deu uma freada brusca. O homem foi parar no colo de uma senhora que também já não era tão jovem e talvez por isso, prevendo seus dias futuros desancou a xingar o pobre coitado: Segura seu velho maluco! Ela disse. A velhice é meio injusta. Em situações que parecem inexplicáveis ou imprevistas bem que poderia aparecer um anjo explicando o que acontece no corpo de um velho para que não parecesse que suas ações ou, a falta delas os deixassem mais constrangidos, como se os tombo em si ou outras situações, já não fossem o bastante. Nestas circunstâncias o anjo daria uma explicação razoável do que acontece na anatomia humana e com nossos músculos quando se está na terceira idade. Seria interessante. Posso até ver os Oh de surpresa pelo que as pessoas não sabem e logo classificam como maluquices. (Gaguice etc. e tal). Pensando bem não sei se esta seria uma boa ideia. Vai que o tal anjo fosse um sacana e desembestasse a rir ao invés de explicar a anatomia do corpo aos 60. Porque há tombos que são muito engraçados. Se você conhece a General Carneiro em São Paulo sabe do que estou falando. Ahhhhhhhhhh Lembrei! A velhice traz experiência! E está, é aclamada como essencial em todas as áreas de atuação humana e… Desumana. Que droga! Mas, se perguntado a qualquer autoridade em qualquer assunto o que será que ele preferiria? A velhice com sua experiência ou a juventude com sua tolice? Ao pensar nisso pensei na agucidade mental… Comparada à mentalidade de um jovem a mente do velho é como uma engrenagem sem graxa. Num exercício simples de aritmética como dois mais dois, um jovem sem pensar responderia: quatro, neste ínterim ele iria tomar café, iria ao banheiro escovar os dentes, azaria aquela amiga linda de morrer, tudo isso, enquanto a mente do velho ainda tentasse desvincular os segredos numéricos. Ainda bem que o tempo traz a experiência, ufa! …Quero dizer, quando ela não é obsoleta. Digo isto porque o termo, careta, não me sai da cabeça. Ainda estou procurando alguma coisa benéfica que a idade traz, mas acho que até o fim do texto não vou encontrar… Bom, ache você quando ficar mais velho. O que eu francamente, duvido.
Postado por Luz pra Apreciar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: