Publicado por: JotaAntunes | 21 janeiro 2015

O ESPÍRITO DE PORCO


00000000

O espírito de porco

O espírito de porco é uma espécie em abundância na fauna humana. Isso mesmo, na fauna humana, onde comungam do mesmo habitat que os homens cobra, crocodilo, rato, cadela, vaca e piranha.
Se gradeássemos a área onde habitam, teríamos um grande Jardim Zoológico da picaretagem.
Por ser um espirito, eventualmente o espirito de porco pode apossar-se do homo sapiens sapiens, ou seja, do ser humano comum.
Ninguém está livre de ser tomado pelo espírito de porco. Basta uma dose de sentimentos menos nobres, que todos temos, como ciúmes e inveja, combinados com uma boa quantidade de álcool e sincericida.
Muitas vezes o espirito de porco se apodera das criaturas de forma tão veemente que nem mesmo é necessário o consumo de álcool. Ele pode habitar a matéria humana por dias, meses, anos, até mesmo por uma existência inteira.
O espirito de porco manifesta-se ao som dos tambores da felicidade alheia. Em geral, a pessoa possuída tem sempre uma frase de desmotivação, de constrangimento, de desagrado para proferir na direção do indivíduo em elevado estado de satisfação.
O espirito de porco é observador. Ele observa se você tem um olho caído, uma cicatriz, uma pereba, se cortou o cabelo, como se veste, sua preferência sexual, sua forma física, seu poder aquisitivo, sua cultura, sua raça, sua origem, o tamanho do seu pau, do seu peito…
A pessoa possuída pelo espírito de porco está sempre comparando a sua vida com a dela.

O espírito de porco enxerga com os olhos do avesso. Toda e qualquer situação é vista por ele pelo pior ângulo possível, e ele está sempre demonstrando sua insatisfação com a vida publicamente.
Qualquer que seja sua vitória, por mais merecida que seja, ele sempre atribuirá seu mérito à terceiros, e vai fazer questão de dizer isso a você. O espírito de porco é muito perigoso pra sua auto estima.
O espírito de porco se orgulha da própria idade. Ele está sempre lembrando a idade que tem aos mais jovens porque, no geral, a idade é seu maior trunfo e seu maior tesouro.
Quanto mais velho ficamos, maior é a probabilidade de sermos possuídos pelo espirito de porco.
Existem algumas formas de combater esse grande mal da sociedade :
Um dos maiores sintomas do espiritismo de porquismo é uma vontade súbita de dar conselhos sem ser solicitado. Resista a tentação de enxergar o mundo a partir do seu próprio umbigo. Talvez você não seja esse exemplo todo de vida que você acha que é .

Deseje a felicidade aos outros, e mantenha a busca pela sua. Cerque-se de gente feliz, ajude as pessoas a serem felizes, a atingirem seus objetivos. Lembre-se, gente feliz não enche o saco !
Sorria muito ! A alegria dos outros incomoda, arranha, fere o espírito de porco gradualmente, lentamente, como se ele estivesse fazendo uma tatuagem com a imagem de seu próprio fracasso. Não importa o que ele diga, não tire o sorriso do rosto. Se ele disser que você é um escroto, ofereça a ele uma bebida.
O espírito de porco normalmente se utiliza do recurso auto depreciativo corporativista, na tentativa de se sentir um pouco melhor. Coloque-se sempre abaixo dele, pois a função dele é te incomodar . Se ele disser “- Nós, que estamos gordos… “, diga a ele “Eu que estou gordo, você está ótimo….”
Jamais discuta com um espírito de porco. O espírito de porco faz questão de estar sempre com a razão. Você, que é inteligente e bem sucedido, não precisa estar certo, só precisa ser feliz. Portanto, deixe ele se enrolar sozinho, passar vergonha por ele mesmo.
Não precisa contar aos outros que você está fazendo um curso de inglês ou francês, ou de arranjo musical, ou uma dieta, ou academia, ou uma viagem, a não ser para as pessoas que você sabe que realmente torcem por você. O espírito de porco é capaz de mandar sua energia negativa através da rede social.
Exercite a compaixão, divida seus talentos, ensine, transfira seus conhecimentos, e não dê muita atenção aos sentimentos menos nobres, como aqueles que eu citei no início do texto. Esses sentimentos invocam fortemente a presença do espírito de porco.
Ore, reze, acredite em alguma coisa. Peça força e proteção contra esses espíritos .
Por fim, tenha ciência de que o espírito de porco existe, mas não fique pensando nele, pensando no que ele está pensando. Não deseje o mal a ele, apenas se proteja. Se estiver querendo muito que alguém se dê mal na vida, você pode estar possuído pelo espírito de porco.
De toda essa ladainha, só fico com pena do pobre do porco.
Bay Moyseis Marques

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias