Publicado por: JotaAntunes | 31 julho 2015

Drª Lêda Villas Bôas – Uma história de Sucesso- Por quanto tempo se deve usar o tratamento com Hormônios Bioidênticos?


00000

São solicitados os níveis hormonais em sangue, de estradiol, testosterona total e hormônio fsh como valoração inicial, e são repetidos quatro meses depois de haver implantado o pellet. De acordo com os níveis individuais e, principalmente, com a valoração estrita da sintomatologia da paciente, é decidido quando aplicar o outro pellet e continuar assim pelo tempo que a paciente decidir que já se sente bem. Isto pode durar entre dois a cinco anos. Ao oferecer um efeito antienvelhecimento, as pacientes respondem se sentindo muito bem, em especial a sua libido aumenta, elas têm uma melhor qualidade do sono, maior nível de energia, estabilidade no estado de ânimo, melhoria do sistema imunológico, diminuição das dores articulares, melhoria da pele, unhas e cabelo, e outros.

Quais requisitos são solicitados à paciente para poder lhe aplicar a terapia com hormônios bioidênticos?

História clínica completa e valoração hormonal completa.

Existem contraindicações para o uso de hormônios bioidênticos e são as mesmas da terapia hormonal habitual: histórico pessoal de câncer de mama ou uterino, histórico familiar com um ou mais familiares diretos com câncer de mama, histórico pessoal de tendência a coágulos no sangue, tromboflebite crônica, fibromas uterinos maiores de dois centímetros e endometriose ativa.

Pode ser aplicado este tratamento ou outro semelhante a homens com déficit de testosterona?

Existem estudos que demonstram resultados prometedores ao aplicar pellets de testosterona bioidêntica em homens, praticamente sem efeitos secundários.

Membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética e palestrante nos mais importantes eventos do setor, a Dra. Lêda Villas Bôas formou-se na Universidade Federal de Pernambuco, em Recife, onde nasceu. Com especialização em Clínica Médica, a Dra. Lêda iniciou sua vida profissional na usina de cana-de-açúcar União Indústria, no município de Escada, a 63 km do Recife. Lá, ela estruturou o sistema de atendimento aos operários com base nas normas de Higiene e Medicina do Trabalho. Foi o primeiro dos muitos desafios da sua carreira.

SAÚDE PÚBLICA
O desafio seguinte da Dra. Lêda foi coordenar o programa de imunização contra a poliomelite na época em que era assistente do Secretário de Saúde de Pernambuco. Seu trabalho chamou a atenção da Fundação Serviços de Saúde Pública, que a convidou para coordenar um centro de treinamentos para médicos no Rio.

Clínica Dra. Lêda Villas Bôas – Rua Carlos Góis 375/103 – Leblon, Rio de Janeiro, Brasil
Telefones: (55 21) 2249-2696

Anúncios

Responses

  1. A drª Lêda Villas Boas é uma referência não só no Brasil e América do Sul como também na Europa, onde tem muitos admiradores e seguidores do seu trabalho.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: